Leitura Dinâmica – Como Ler Mais Rápido

A leitura dinâmica é a maneira produtiva de ler, com velocidade, mas sem perder o contexto e a interpretação do que está escrito.

Como a grande parte das pessoas que leem o Inspirando Sucesso são leitores ávidos ou pretendem melhorar suas habilidades na leitura resolvi pesquisar mais sobre o assunto e aqui está o que encontrei:

Leitura Dinâmica e o ensino atual

Estudos indicam que gostar de ler, tem muito haver com a maneira que nos foi ensinada, infelizmente com pouco aproveitamento da capacidade do ser humano, o que é lamentável, pois a leitura é a forma ímpar de conexão com tudo e a todos.

 

O que afasta as pessoas das palavras escritas?

Quatro situações claras são as motivadoras para que as pessoas se afastem da leitura:

  1. O cansaço que acaba em sonolência;
  2. Falta de compreensão sobre o que está lendo;
  3. Distração;
  4. Consideram o conteúdo inútil.

Acredite, para a maioria das pessoas, ler é tentar formular alguma ideia, decifrar, a partir de um amontoado de palavras! Simplesmente pela forma de leitura que é fragmentada.

E na leitura por fragmentos, identificamos:

  • Sub-vocalização, que é a leitura silenciosa, interna;
  • Leitura Linear, uma palavra de cada vez;
  • Leitura desatenta, ou quando as re-leituras acontecem e mesmo assim sem muita compreensão.

Podemos dizer que esses são os vilões da leitura dinâmica que associados a maneira precária que aprendemos a ler e a inconstância da leitura no cotidiano da grande maioria, afastam as pessoas do mundo mágico que a leitura nos proporciona.

Já a leitura integral nos dá a compreensão plena, é possível associar o contexto, e até mesmo memorizar certa quantidade do conteúdo lido.

As frases e parágrafos são assimilados sistematicamente, e o leitor consegue entender e expressar sua percepção sobre o que leu, mas veja bem:

  • Não podemos confundir a leitura integral com a leitura dinâmica, tão pouco com a leitura decifratória.

No que consiste a leitura dinâmica?

Muito além das outras formas de ler, na leitura rápida, ou leitura fotográfica, como preferir, o grande diferencial está na maneira como os dados entram no nosso cérebro.

Na leitura trivial, lemos palavra por palavra, deciframos frases e encerramos parágrafos, totalmente diferente da leitura rápida, onde o cognitivo assume dimensão bem maior, como por exemplo:

  • O campo visual, que se amplia nas laterais, assim o texto é assimilado com o uma fotografia, ou seja, você enxerga o todo, o texto na íntegra.

Além disso, a sub-vocalização passa a dar lugar ao raciocínio, e a compreensão instantânea sobre o que está escrito.

Parece complicado? Pois saiba que não, tudo se resume em reaprender a leitura.

De forma simples, qualquer pessoa pode desenvolver a leitura dinâmica, basta utilizar o método e técnicas adequadas, somados aos exercícios e práticas.

Principais técnicas da leitura dinâmica

A principal técnica consiste em cessar a vocalização, ou seja, enquanto estiver lendo, deverá evitar “falar” mentalmente as palavras.

Outra dica importante é agrupar a leitura em grupo de palavras e não palavra por palavra,  para isso ponha limites no seu campo de visão, evitando que os olhos se desloquem muito para os lados.

Não pare a leitura para repetir trechos já lidos, definitivamente esse hábito não é nada bom para a leitura dinâmica, inclusive você pode cobrir o que já foi lido, com um papel, ou mesmo a mão.

Atenção:

  • Quanto mais estímulo para seu cérebro, mais produtiva será a leitura.

Nós sabemos que anos de leitura em baixa velocidade e improdutiva não se modifica em um prazo curto, mas é possível sim reverter este quadro.

Ferramentas como o metrônomo, por exemplo, servem para determinar a quantidade de leitura em decorrência do tempo estabelecido, serve para mensurar e assim estabelecer níveis a serem atingidos.

O que é a técnica Skimming e a Scanning?

Antes mesmo que pense que estamos complicando, saiba que o Skimming e o Scanning são métodos importantes para a leitura dinâmica.

  • O Scanning, literalmente significa “escanear” o texto, assim você terá uma prévia do assunto, com isso, conseguirá antecipar ou mesmo prever o conteúdo.

Os títulos e imagens são indicadores do conteúdo, da mesma forma que as palavras-chaves ou negritadas indicam o contexto de forma geral.

Após este escaneamento, é hora do Skimming.

  • O Skimming serve para identificar a ideia central do texto, analisa previamente o conteúdo, identifica o vocabulário, instiga a habilidade para dedução e assim tornar a leitura mais rápida.

A leitura dinâmica segue caminhos para o êxito, não é da noite para o dia que se consegue transformar anos de ritmo, por isso utilizar as ferramentas é imprescindível.

Além disso, treino e persistência resultam em melhoras evidentes.

 

Em qual time você quer jogar?

Nossa proposta até o momento tem como objetivo principal, incentivar você a se tornar um leitor incondicional e dinâmico, certo?

Diferenças entre o leitor lento e o leitor dinâmico

  • Quando o leitor lento inicia a leitura não consegue evitar ler em voz alta e ao mesmo tempo repete mentalmente, enquanto que na leitura dinâmica a pessoa incorpora e absorve a informação sem repetir;

 

  • Os leitores lentos captam uma ou algumas sílabas durante um tempo determinado, enquanto que o leitor dinâmico capta duas, três ou mais neste mesmo tempo;

 

  • Quando a leitura é lenta, a pessoa tende a parar várias vezes, ao contrário do dinâmico, que segue firme até concluir o objetivo;

 

  • O leitor dinâmico faz pausas menores e nelas consome menos tempo;

 

  • O leitor que é acelerado pode efetuar saltos de olho e retorna com velocidade bem maior para o seu foco de leitura.

 

Além disso, o leitor lento tende a se desconcentrar com frequência e normalmente não desenvolve um parecer critico sobre o que leu, enquanto que a pessoa que é dinâmica na leitura se mantém concentrada e emite opinião substancial ao final da leitura.

Conseguiu identificar em qual estágio você se encontra?

Entenda que a grande maioria das pessoas, digamos mais de 90%, leem pouco, devido ao modo que aprenderam a ler, principalmente em relação à velocidade.

Da mesma forma que, não significa que você não saiba ler, caso não esteja de acordo com o perfil do leitor dinâmico, mas acredite, você tem muito a ganhar buscando o desenvolvimento.

Uma sugestão que tenho é que você comece a desenvolver o hábito de leitura.

Todo o conhecimento do mundo está registrado nos livros. A grande maioria por gente que já não está mais entre nós e deixou seu legado para aprendermos. Aproveite!

Caso queira conhecer mais sobre a Leitura Dinâmica e aprender a técnica, existe o Curso Fast Read – Leitura Dinâmica do Renato Alves. Ele é campeão brasileiro de memorização e estudos e leitor extremamente rápido.

Depois que fiz o curso minha velocidade de leitura aumentou mais de 3x. O que me faz ler em média 50 livros por ano. Só clicar abaixo!

.

Inspirando Sucesso no INSTAGRAM e no FACEBOOK, por Felipe Mandelli.

.
Receba nossos e-mails e nunca pare de evoluir.









 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *