Por Que Você Não Deve Falar Sobre Suas Metas

Muitas pesquisas e estudos mostram que quando você escreve suas metas e visualiza elas constantemente, acaba tendo mais chances de atingi-las. Isso se dá por vários motivos.

Visualização, por exemplo, é uma prática poderosa que treina nosso cérebro para fazer coisas que queremos e normalmente temos resistência – como dieta, objetivos pessoais e de trabalho.

Outro motivo é a motivação. Quando você enxerga todos os dias aquele seu objetivo concreto (concreto mesmo, deve ser mensurável e definido, não vago e abstrato), você começa a se acostumar com a ideia e acha cada vez mais que é possível conseguir.

Mas as nossas metas devem ser escritas em algum lugar privado ou devem ser mostradas para que todo mundo possa ver?

É aí que a dúvida começa.

Parece que contar as suas metas para todo mundo pode ser uma desvantagem, não uma motivação.

Pode parecer confuso… Tem gente que diz que quando mais gente fica sabendo, você se motiva mais.

E também tem gente achando estranho, pois é melhor não contar aos seus amigos que planeja correr uma maratona em algum tempo?

A resposta é: não.

metas atingir

A verdade é o seguinte.

A maioria dos seus amigos realmente não se importa o suficiente para te manter motivado. Eles vão te dar parabéns e tudo mais por ter alcançado, mas a grande maioria deles está bem ocupado com sua próprias metas e suas vidas para te acordar as 4 da manhã te lembrando que tem que treinar naquele exato momento.

Além disso, o mais importante é que falar sobre suas metas amplia a chamada:

Diferença entre Intenção e Comportamento (do inglês Intention-Behavior Gap).

Que significa a diferença entre SABER O QUE VOCÊ TEM QUE FAZER e REALMENTE FAZER O QUE TEM QUE FAZER.

Isso é algo que a sociologia vem estudando desde os anos 20, e diz que nós humanos gostamos muito de uma coisa: sonhar. Sonhar muito.

Nós temos centenas de fantasias, inspirações, metas e objetivos motivacionais. E normalmente nós sabemos qual é o primeiro passo para realiza-los.

Mas o que normalmente acontece é que nós temos dificuldade em DAR o primeiro passo. Em dizer não para coisas que desviam do foco do objetivo e realmente trabalhar em cima dele.

Para reforçar isso, um artigo da Universidade de Nova Iorque (New York Univerity) mostra um experimento feito com 2 grupos de pessoas.

Eles deram 45 minutos para 2 grupos diferentes cumprir um determinado objetivo. A diferença é que um grupo falou sobre suas metas para as outras pessoas da sala e o outro trabalhou sem falar nada.

O resultado foi que os que revelaram seus objetivos, além de não terem trabalhado o tempo integral de 45 minutos, falaram sobre os resultados de forma menos realística que os que trabalham calados. E estes, por sua vez, tiveram resultados melhores e trabalharam mais focados durante o tempo proposto. Além disso, as pessoas que falaram sobre suas metas antes desistiram em média após 33 minutos de trabalho.

Mas o mais engraçado é que os que cumpriram MENOS (os que falaram as metas) estavam mais confiantes e falando que se saíram muito bem após o experimento. Mesmo que eles tenham trabalhado e atingido muito menos que os outros. O resultado foi fantasioso para eles próprios.

Isso mostra que anunciar suas metas deu ao grupo de pessoas que o faz a falsa sensação de cumpri-las. 

Então, o que acontece?
Quando você conta suas metas para as pessoas antes de atingi-las dá uma certa sensação boa de satisfação. 

Falar que você vai fazer algo dá uma momentânea sensação de respeito para quem ouve com você. Isso causa  uma boa impressão na hora, mesmo que você nem tenha feito nada ainda.

Uma apresentação no TED Talks de Derek Sivers chamada “Mantenha Suas Metas Para Si Mesmo” retrata bem por que devemos segurar nossos instintos e não contar nossas metas aos outros antes de atingi-las.

Uma frase dele resume bem tudo isso:

“Resista a tentação de anunciar suas metas. Adie a gratificação que esse reconhecimento social lhe dá e entenda que sua mente confunde FALAR com FAZER.”

Aqui está a palestra completa, vale a pena assistir.

E o que se pode concluir disso tudo?
Isso não quer dizer que você tenha que guardar segredo a 7 chaves sobre seus objetivos e nunca contar nada a ninguém.

Mas certifique-se de que se for contar, essa pessoa realmente vai manter você responsável e trabalhando pela meta.

E sempre, mas sempre mesmo, escreva suas metas e visualize elas constantemente. Torne-as concretas e mensuráveis. Uma meta que não é exata não é possível de ser atingida.

São dicas valiosas que vão ajudar muito você a conseguir o máximo de objetivos possíveis!

Até a próxima!

.

Inspirando Sucesso no INSTAGRAM e no FACEBOOK, por Felipe Mandelli.

.
Receba nossos e-mails e nunca pare de evoluir.









como atingir metas

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *